Treino

Como conciliar a musculação e as aulas coletivas?

Desde a primeira vez que me matriculei em uma academia, tenho dificuldade para conciliar a musculação e as aulas coletivas. Isso porque a musculação é necessária (e ponto), mas as aulas coletivas são uma maneira de variar o treino e suar bastante. Enfim, dá vontade de aproveitar tudo o que a academia oferece. Mas também não adianta treinar 3 horas por dia e entrar em trabalho de catabolismo muscular, certo? Confesso que quando entrei na Bodytech, minha vontade de conhecer e fazer todas as aulas era tanta que treinei muitas horas por dia por algumas semanas, rs! Mas agora estou mais preocupada em planejar melhor meus treinos para alcançar meus objetivos e, às vezes, menos é mais. Por isso, resolvi tirar todas as minhas dúvidas com meu treinador, Fábio Tofetti. Leiam a entrevista… Para mim, foi esclarecedora.

Aula de Crosscore, na Bodytech de Ribeirão Preto

Aula de Crosscore com o professor Fábio Tofetti, na Bodytech de Ribeirão Preto

Sabemos que existem várias vertentes na musculação. A atividade aeróbia indicada para o pós-treino varia de acordo com o tipo de treino?

Nem sempre é preciso fazer exercício aeróbio depois do treino, mas o tipo de exercício ideal varia de acordo com o objetivo. Depois da musculação, é interessante fazer uma atividade cardiovascular intensa por, no máximo, 30 minutos. Falando em aulas: o Indoor Cycle, por exemplo, costuma durar de 45 a 50 minutos. É muito tempo, já que os estoques de glicogênio estão esgotados. Ou seja, o corpo não tem reservas de energia e entende que deve queimar massa muscular.

Alguma aula substitui o treino de musculação?

O resultado da musculação é único e nenhuma aula pode substituí-la. Alguns dos benefícios, como prevenção e recuperação de lesões articulares, aumento de massa muscular, definição corporal, melhoria de dores posturais e prevenção de osteoporose, são de extrema importância. A aula que mais se aproxima da musculação é o BODYPUMP.

Então como posso conciliar, na minha semana, o treino de musculação com aulas que também trabalham força?

O ideal é consultar um educador físico para que ele prescreva um planejamento semanal da melhor maneira possível, respeitando a individualidade biológica de cada um. Não é interessante treinar força duas vezes no mesmo dia. Você pode fazer esse tipo de treino diariamente, desde que não trabalhe no dia seguinte o mesmo grupo muscular que trabalhou no dia anterior.

Quais aulas posso fazer no mesmo dia do treino de musculação?

No dia de treino de inferiores, o ideal é participar de uma aula também focada em inferiores, para que o grupamento muscular esteja fadigado ao final do dia. No dia de superiores, é interessante fazer aulas também voltadas para superiores, pelo mesmo motivo. Só esteja atento para que um mesmo grupo muscular não seja trabalhado em dias seguidos. Se isso acontecer, você pode jogar fora o condicionamento físico adquirido com tanto esforço. Exemplos de aulas que trabalham membros superiores são: Crosscore, Flow Pilates, Barrel e Refit Pilates. Mas tudo depende de como o professor estrutura a aula.

Aula de Crosscore com o professor Fábio Tofetti, na Bodytech de Ribeirão Preto

Aula de Crosscore com o professor Fábio Tofetti, na Bodytech de Ribeirão Preto

Se tenho disponibilidade para dividir o treino em dois momentos do dia (musculação de manhã, por exemplo, e aula à noite): isso é positivo?

Não prejudica seu descanso porque você treinou no mesmo dia. O descanso vem à noite. Com certeza treinar musculação pela manhã e fazer aeróbio à noite (ou vice-versa) melhora a performance nos dois momentos, devido ao descanso (mesmo que curto) e à ingestão de proteínas e carboidratos durante o dia, o que mantém o estoque de glicogênio abastecido.

Qual seria, na sua opinião, a programação de uma semana ideal, conciliando musculação e aulas?

Segunda-feira: Membros inferiores + aula de corrida (ou outra aula com ênfase em inferiores)
Terça-feira: Membros superiores + aula de natação, por exemplo, que trabalha membros superiores
Quarta-feira: Aeróbio moderado + exercícios abdominais
Quinta-feira: Treino de inferiores + Indoor Cycle (ou outra aula com foco em inferiores)
Sexta-feira: Membros superiores + natação (ou outra aula com ênfase em superiores)
Sábado: Exercícios aeróbios + exercícios abdominais

É possível, também, montar treinos de musculação mais completos para uma frequência de 3 vezes na semana. Assim, os outros dias ficam livres para aulas que exijam mais do condicionamento cardiorrespiratório. Toda programação varia de acordo com o aluno, essa é apenas uma sugestão de prescrição.

E aí, as minhas dúvidas eram as de vocês também? Deu pra esclarecer? É essencial entender a importância de planejar os treinos para conseguir resultados. Treinar intensamente é importante, mas com a moderação necessária para o corpo se recuperar e responder aos estímulos.

Bjs,

La Pagliarini

3 pensamentos sobre “Como conciliar a musculação e as aulas coletivas?

  1. Excelente. Aluna aplicada e dedicada, tenho certeza que vai muito longe com seus objetivos e metas!!!

    Tamo junto larissa!! Bons treinos.
    Beijos
    Fabio Tofetti

  2. Oi tenho uma dúvida tb. Assim faço seg/quarta/sexta aula de pump certo. Posso fazer antes da aula a musculação mm inferiores? Pq na terca e quinta tenho aula de Power Jump ai faria antes o treino de superiores tem problema? Na sexta faço só combat e pump não tenho musculação. Bjos ah minha aula é uma seguida da outra não tenho outro horário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s